sexta-feira, 25 de junho de 2010

Melhor Amiga ^(:


Estava no meio do labirinto perdida, à procura do teu ombro amigo, do teu sorriso confortante, das tuas palavras mágicas… e foi no teu coração que achei o meu abrigo, foi o teu coração que socorreu as minhas preces, que sangrou comigo… Foi quando a esperança me abandonou, quando fiquei presa na escuridão do meu caminho, quando a minha alegria estava prestes a morrer que eu encontrei a tua luz, aquela que me deu a mão e me guiou através da escuridão, e eu deixei-me hipnotizar pela tua luz ofuscante, pelo teu calor, pela tua alegria contagiante. Era em ti que eu pensava quando estava em baixo, era em ti que eu me apoiava quando estava prestes a cair, foi em ti que eu vi um reflexo de esperança, um rasto de alegria, foi em ti que eu descobri a verdadeira amizade, tu foste a única que conseguiu entrar na escuridão do meu mundo para me iluminar o caminho. Foi por ti que jurei amizade eterna, foi a ti que dei minhas mãos e me deixei voar, foi contigo que criei o meu mundinho feliz separado por barreiras do mundo real… barreiras que muitos tentaram derrubar, mas a nossa amizade vencia qualquer obstáculo… E assim foi por 1 ano… mas o que se passou? Porque é que eu perdi o rasto da tua luz, o rasto da minha alegria? Porque por mais que eu grite, tu não me ouves e por mais que corra não te alcanço?Tenho saudades daquela menina fofinha que se sentou ao meu lado, naquele dia, ambas envergonhadas começamos a falar e encontramos uma na outra uma amizade que nunca antes tínhamos conhecido. Porquê?
Desculpa se errei, desculpa se disse algo que não devia, se soubesse se pudesse voltar atrás, se pudesse emendar aquilo que fiz…
Não te quero perder, tu és o maior dos meus sonhos, a razão da minha alegria… a distância não vencerá uma amizade como a nossa, deixa-me aproveitar os momentos que me restam abraçada a ti, olhar nos teus olhos, sentir o teu toque… Eu não te quero impedir de ser feliz, eu sei que a tua felicidade está longe daqui… mas não te esqueças de mim, tu és a minha melhor amiga eu não me quero separar de ti, tu foste a melhor coisa que eu consegui na vida, não me deixes agora… as lágrimas escorrem-me enquanto escrevo, e se o pudesses ler, eu apenas quero que saibas o quanto gosto de ti… gostava de poder escrever tudo o que representas para mim, mas não sou capaz, não existem palavras suficientemente fortes para descrever aquilo que tu me fazes sentir...

Sem comentários:

Enviar um comentário